BMW (também) abandona Fórmula E

Fórmula E perde segundo construtor em três dias

0 aos 100 02/12/2020 Desporto

A BMW vai seguir as pisadas da Audi e também vai abandonar a Fórmula E no final da temporada de 2021. 

Em comunicado, a marca alemã alega razões estratégicas para abandonar a competição de carros elétricos: “Quando se trata do desenvolvimento de motores elétricos, o BMW Group basicamente esgotou as oportunidades desta forma de transferência de tecnologia no ambiente competitivo da Fórmula E”, refere em comunicado.

O construtor diz que utilizou a Fórmula E como laboratório tecnológico para modelos de produção, até porque os engenheiros que desenvolveram motores para os carros de estrada são os responsáveis pelos motores dos carros de corrida.

A nova temporada da Fórmula E, em que António Félix da Costa defende o título de campeão, arranca a 16 de janeiro de 2021, em Santiago do Chile.

Na próxima temporada, a última para o construtor de Munique, serão inscritos dois BMW iFE.21 para os pilotos Maximilian Günther e Jake Dennis.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV
Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional