Novo centro de testes da Seat permite testar motores durante 200 000 km, sem qualquer pausa

Nas instalações, localizadas no Centro Técnico da Seat, 200 pessoas fazem testes durante 24 horas por dia para marcas do Grupo Volkswagen

0 aos 100 28/11/2020 Noticias

A Seat investiu mais de 30 milhões de euros na criação de um moderno Centro de Desenvolvimento de Motores, que a marca espanhola classifica como "o mais avançado do sul da Europa". 

As instalações são compostas por nove bancos de ensaio multi-energia, que permitem a realização de diferentes tipos de testes com motores de combustão interna, elétricos, híbridos e GNC, com o objetivo de garantir que cumprem os requisitos de qualidade, emissões, CO2, durabilidade e desempenho comprometidos ao longo do seu ciclo de vida.

O investimento foi feito ao longo dos últimos 5 anos e resultou num centro com capacidade para realizar 14.300 testes de motores em cada ano, desde uma fase inicial do seu desenvolvimento, até aos testes que serão necessários para a sua homologação posterior.

Estas instalações incluem uma câmara climática, capaz de simular condições de condução extremas, entre -40 e +65 graus de temperatura e até 5000 metros de altura, e uma torre automatizada com capacidade para 27 veículos, que os mantém a uma temperatura estável de 23 graus para garantir que estão em ótimo estado para os testar.

Conta com três bancos para testes de durabilidade, onde protótipos e veículos fazem até 200.000 km na estrada, sem qualquer pausa, enquanto o desempenho do motor é analisado em todos os momentos. Além disso, foi instalado um sistema que recupera a energia gerada pelos cilindros e devolve-a sob a forma de eletricidade para posterior consumo.

Neste Centro de Desenvolvimento de Motores, localizado no Centro Técnico, 200 pessoas trabalham divididas em 3 turnos, 24 horas por dia, 6 dias por semana. Realizam-se testes que permitem validar novos projetos de motorização para diferentes marcas do Grupo Volkswagen.

Werner Tietz, vice-presidente I+D da SEAT, sublinhou que "este projeto consolida a posição da SEAT como uma das mais avançadas instalações de desenvolvimento de veículos na Europa. As novas instalações dos motores e a elevada capacidade técnica do equipamento, permitem testar os novos motores e calibrá-los durante a sua fase de desenvolvimento para garantir um melhor desempenho, tanto para a SEAT como para a CUPRA, quer para as diferentes marcas do Grupo, com especial enfoque nos motores híbridos e elétricos".

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV