Histórico: Miguel Oliveira consegue a pole-position em Portimão

Português vai partir da primeira posição para o Grande Prémio de Portugal

0 aos 100 21/11/2020 Desporto

Fez-se história na derradeira sessão de qualificação para o Grande Prémio de Portugal em MotoGP: Miguel Oliveira conquistou a sua primeira pole-position na classe rainha do motociclismo e a quinta no conjunto das três categorias.

O piloto português começou por ser sexto antes de parar para montar um novo pneu macio traseiro e lançar-se para o último ataque à primeira linha da grelha de partida, registando como melhor tempo 1:38.892 minutos, batendo o italiano Franco Morbidelli (Yamaha SRT) por 44 milésimas e o australiano Jack Miller (Pramac Ducati) por 146 milésimas.

Até Portimão, o melhor registo de Oliveira em qualificação era um quinto posto, conseguido em Jérez de La Frontera.

“Foi uma boa volta. Sabia que tínhamos ainda capacidade para tirar algumas décimas em relação ao treino de hoje de manhã. Não foi fácil, o vento não estava a ajudar em algumas curvas. Mas como é vento português, jogou a meu favor", disse o piloto natural de Almada logo depois de conseguir o tempo mais rápido em Portimão.

"Conseguir esta primeira pole em Portugal tem obviamente um significado especial. Mas o trabalho ainda não está feito e amanhã temos de concluir”, acrescentou o piloto que em 2021 vai correr na equipa oficial da KTM.

O piloto da KTM Tech3, de resto, passou diretamente à Q2, ao ser o segundo mais rápido nos terceiros treinos livres. Na quarta sessão, repetiu essa posição.

O Grande Prémio de Portugal realiza-se este domingo, a partir das 14h00.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente