Volkswagen Golf R tem 320cv e modo Drift

O mais potente Golf de sempre chega no início de 2021

0 aos 100 03/11/2020 Noticias

A Volkswagen complet a oferta desportiva do novo Golf, que já conta com o Golf GTD, GTE, GTI e GTI Clubsport, com o Golf mais potente de sempre, o Golf R com 320cv. 

O novo Golf R tem o mesmo motor turbo de 2.0 litros e quatro cilindros dos GTI, embora melhorado para debitar 320cv (mais 10cv que o Clubsport S, limitado a 400 unidades) e 420 Nm de binário, associado a uma transmissão automática de dupla embraiagem DSG de 7 relações e tração às quatro rodas 4Motion com sistema "R-Performance Torque Vectoring"

É capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 4,7 segundos (menos 0,2 segundos que o anterior Golf R), e alcançar uma velocidade máxima de 250 km/h (extensível a 270 km/h com o pack R-Performance). 

A caraterística principal deste sistema é a distribuição variável de binário entre os eixos e entre as rodas individualmente. Enquanto o eixo traseiro normal distribui o binário numa proporção 50/50, o diferencial com vectorização de binário, equipado com duas embraiagens multidiscos, possibilita até 100% do binário na roda do lado de fora da curva. O ângulo de direção, a posição do pedal do acelerador, a aceleração lateral, a taxa da guinada e a velocidade determinam a intensidade da distribuição de força. 

Estão disponíveis quatro modos de condução: Comfort, Sport, Race e Individual. Se for acrescentado o pacote  R-Performance surge dois modos adicionais: Special e Drift. O primeiro, Special, é uma afinação específica para rodar em Nurburgring e que afeta as especificações do motor, caixa, direção, controlo de estabilidade e suspensões.

No caso do modo Drift, trata-se de uma configuração afeta o controlo de estabilidade e sistema de tração, permitindo dar "asas" ao eixo traseiro para forçar a sobreviragem.

A ‘indumentária’ R destaca-se por uma dianteira mais agressiva, quatro saídas de escape na traseira, que surge combinado com um difusor aerodinâmico. As jantes em liga leve de 19 polegadas (em opção) e os emblemas R completam o visual.

Veja ainda:

No interior, destaque para o botão "R" no volante, os acabamentos azul na consola e portas, além dos bancos desportivos e apontamentos em alumínio. 

A suspensão viu a altura rebaixada em 20mm em relação aos Golf convencionais (5mm em relação ao Golf GTi), e incluída uma suspensão adaptativa de série e com amortecedores 10 por cento mais rigidos e afinações específicas.

As primeiras entregas estão previstas para o primeiro trimestre de 2021.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva