Citroen ‘bloqueia’ Polestar em França

Polestar impedida de comercializar veículos no mercado francês por seis meses e obrigada a pagar uma multa de 150.000 euros

0 aos 100 30/10/2020 Noticias

A Polestar está proibida de comercializar qualquer modelo em França durante, pelo menos seis meses (que se pode estender por mais tempo) e a pagar uma indemnização de 150.000 euros à Citroen. A razão? As semelhanças entre o logotipo da Polestar com os da Citroen e DS.

A proibição, de resto, estende-se à página francesa da Polestar, que teve de ser eliminada. “O acesso não é possível devido a restrições territoriais no uso das marcas francesas n.° 016898173 e n.° 01689532", pode ler-se no domínio da página da Polestar.

Segundo o portal francês L’Automobile Magazine, esta guerra de logotipos já dura há alguns meses, depois de vários internautas assinalarem as semelhanças entre os logotipos em causa.

Veja ainda:

Ainda de acordo com a mesma fonte, a Citroën avançou, em Julho de 2019, com uma reclamação judicial, sendo que a justiça francesa decidiu, a 4 de junho, que "a Polestar Performance prejudicou a reputação das marcas francesas n.° 3422762 e n.° 3841054 que a Automobiles Citroën possui".

Na acusação, o grupo PSA também aponta semelhanças do logótipo da marca sino-sueca com o logótipo da DS.

Além de uma multa de 150.000 euros por danos de imagem e reputação, o tribunal de Paris ordenou que o uso do logotipo na França fosse interrompido três meses após a decisão, e por um período de meio ano.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente