Carro voador já tem autorização para circular nas estradas europeias

Passo decisivo para avançar para a segunda fase de homologação: a certificação que lhe permita voar

0 aos 100 29/10/2020 Noticias

O PAL-V Liberty, o primeiro carro voador do mundo produzido em série, passou nos rigorosos testes de homologação europeus e já tem autorização para circular legalmente nas estradas do Velho Continente.

A autorização foi conseguida há semanas pelo fabricante holandês da máquina voadora, concluindo com sucesso o extenso programa de testes, que incluíram testes de emissões e poluição sonora.

Este é um passo decisivo para o PAL-V Liberty passar agora à segunda fase de homologação: conseguir a tão desejada certificação que lhe permita voar. O projeto tem sido acompanhado pela Agência Europeia para a Segurança da Aviação (EASA), prevendo-se para 2022 a sua conclusão.

Sublinhe-se, no entanto, que já beneficia da experiência de voo conseguido pelo protótipo PAL-V 1. Mesmo assim, antes que as 150 horas de teste de voo possam acontecer, é necessária concluir mais de 1.200 relatórios de teste.

Só depois dessa fase de homologação é que serão autorizadas as primeiras entregas do carro voador aos clientes que já o pré-encomendaram.

"Há muitos anos que trabalhamos com as autoridades rodoviárias para alcançar este marco. O entusiasmo que se sente na equipa é enorme", disse Mike Stekelenburg, diretor técnico da PAL-V. "Foi muito desafiante fazer uma 'aeronave dobrada' passar em todos os testes de estrada. Para mim, o truque para fazer um carro voador com sucesso é garantir que o projeto esteja em conformidade com os regulamentos aéreos e rodoviários", acrescentou.

A PAL-V diz que as pré-reservas do Liberty estão a crescer "além das expectativas", apesar do preço de 299 mil euros (excluindo impostos) do PAL-V Liberty Sport, a versão mais acessível.

Apesar de o preço incluir aulas de adaptação ao veículo, há, porém, uma condição prévia: os proprietários terão de ter licença de voo.

Com apenas 664 kg de peso e capacidade para duas pessoas, o PAL-V Liberty está equipado com um motor a gasolina que desenvolve 101 cv e consome 7,6 litros por cada 100 quilómetros, para uma autonomia de 1.315 quilómetros.

A velocidade máxima em estrada não supera os 160 km/hora, enquanto a aceleração até aos 100 km/hora é inferior a nove segundos.

Já em voo, a potência do motor sobe para 203 cv para uma velocidade máxima de 180 km/hora, sendo de 160 km/hora a velocidade de cruzeiro e a autonomia no ar de 400 a 500 quilómetros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Mercedes-Benz B 250e: ora elétrico, ora gasolina!
Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV