Dacia Spring deverá custar 15.000 euros antes de incentivos

Dacia Spring será o carro elétrico mais barato do mercado: 15.000 euros para 225 km de autonomia

0 aos 100 18/10/2020 Noticias

A Dacia é uma marca um tanto ou quanto atípica no mercado. Enquanto os generalistas querem ser Premium e apresentam novas marcas para isso, a Dacia aposta em produtos com preços baixos e muito racionais. Agora pretende repetir o sucesso do Sandero e do Duster no segmento de carros elétricos. A “arma” dá pelo nome de Spring, um automóvel elétrico com 225 km de autonomia por 15.000 euros.

Com 3,73 m de comprimento, 1,62 m de largura (sem espelhos) e 1,51 m de altura, o Spring é 35 cm mais curto que o novo Sandero. A bagageira oferece 300 litros de capacidade (valor que duplica quando os bancos traseiros são rebatidos).

O Spring possui um sistema multimédia Media Nav de 7 polegadas (opcional), compatível com Apple CarPlay e Android Auto. Entre a lista de opcionais encontra-se o ar condicionado, espelhos de ajuste elétrico e roda suplente.

Um motor de apenas 44cv

O motor elétrico debita 33 kW/44 cv e 125 Nm, alimentado por uma bateria de 26,8 kWh que lhe possibilita anunciar homologar uma autonomia até 225 km (WLTP) ou 295 km em cidade. A velocidade máxima é de 125 km/h.

Conta com um modo Eco que permite aumentar a autonomia em 10% a troco de limitar o motor a 31 cv e a uma velocidade máxima de 100 km/h

Veja ainda:

Em termos de carregamentos, a Dacia oferece várias opções: uma tomada doméstica clássica de 220 V com o cabo fornecido de série, uma Wallbox (com o cabo opcional) ou ponto de carregamento rápido de corrente contínua (opcional). Se carregarmos em casa a 2,3 kW, demora cerca de 14 horas para carregar a bateria na totalidade.

No caso de uma Wallbox de 7,4 kW, o tempo de carregamento desce para menos de cinco horas e menos de uma hora, mas apenas para uma carga de 80% numa ligação DC 30 kW.

O lançamento está agendado para o início do próximo ano e será comercializado com dois níveis de equipamento, embora o equipamento de série e opcional ainda seja desconhecido.

Contudo, sabe-se que o preço deverá rondar os 15.000 euros, com a bateria incluída e sem eventuais ajudas ou incentivos, o que poderá baixar o preço para menos de 13.000 euros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva