DGS repensa público na F1: 'Está a ser equacionado se vai ou não haver'

Portimão recebe o GP de Portugal de Fórmula 1 entre 23 e 25 deste mês.

0 aos 100 16/10/2020 Desporto

A Direção Geral da Saúde (DGS) admitiu esta sexta-feira que está a avaliar a possibilidade de público no Grande Prémio de Portugal em Fórmula 1, que terá lugar entre 23 a 25 de outubro, ou de uma possível redução do número de espectadores.

"Em relação ao público nos eventos está a ser equacionado, conforme a zona, se vai ou não haver e a redução que pode existir", começou por dizer Graça Freitas, a diretora-geral da Saúde, em conferência de imprensa.

"Sempre dissemos que todas as situações de público nos eventos tinham a ver com o tipo de evento e com a situação epidemiológica. Neste momento ambas as questões estão a ser equacionadas conforme a região do país e incidência de casos. A DGS está a rever programação em termos de público nos eventos desportivos em função da situação em cada região do país", respondeu, quando questionada diretamente sobre o GP de Portugal.

Veja ainda:

O Autódromo de Portimão tem capacidade para cerca de 100.000 espectaores, sendo que a bancada principal tem uma lotação para cerca de 17 mil lugares, enquanto as restantes bancadas conseguem acomodar cerca de 60 mil espectadores, além de mais de 10.000 lugares em peão.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva