Dacia Spring, o SUV elétrico que terá 'um preço imbatível '

Primeiro elétrico da Dacia chega na primavera do próximo ano, com a bateria já incluída no preço de aquisição

0 aos 100 15/10/2020 Noticias

A Dacia deu a conhecer o Spring, o muito aguardado "elétrico acessível", que estará à venda a partir da primavera do próximo ano, com a bateria já incluída no preço de aquisição e dois níveis de equipamento.

O pequeno SUV é apresentado pela Dacia com a promessa de que "será económico na compra e na utilização". "Comercializado a um preço imbatível e com uma autonomia de 225 km em ciclo WLTP, o Spring defende a simplicidade, a versatilidade, a fiabilidade e a robustez. Argumentos que correspondem, na perfeição, aos atributos de uma motorização 100% elétrica", sublinha a marca romena, sem ainda adiantar o preço.

O “irmão” do Renault K-ZE comercializado na China surge equipado com um motor elétrico de 33 kW/44 cv e 125 Nm, alimentado por uma bateria de 26,8 kWh que lhe possibilita anunciar homologar uma autonomia até 225 km (WLTP) ou 295 km em cidade. A velocidade máxima é de 125 km/h.

Conta com um modo Eco que permite aumentar a autonomia em 10% a troco de limitar o motor a 31 cv e a uma velocidade máxima de 100 km/h

Veja ainda:

Em termos de carregamento, pode ser carregado num tomada doméstica de 220V, graças ao cabo fornecido de série, numa Wallbox (com o cabo proposto em opção) ou numa ligação DC (em opção).

A duração da carga da bateria de iões de lítio é de menos de 1 hora para uma carga de 80% numa ligação DC 30 kW, menos de 5h para uma carga de 100% numa Wallbox de 7,4 kW, menos de 8h30 para uma carga a 100% numa Wallbox de 3,7 kW e menos de 14h para uma carga de 100% numa tomada doméstica de 2,3 kW.

O Spring tem apenas 3,73 metros de comprimento, sendo 35 cm mais curto que o novo Dacia Sandero, 1,62 m de largura (sem espelhos) e 1,51 m de altura. A bagageira oferece 300 litros de capacidade (valor que duplica quando os bancos traseiros são rebatidos).

Já no interior é possível escolher entre um painel de instrumentos analógico ou digital de 3,5 polegadas, e há um sistema de infotainment com ecrã tátil de 7 polegadas, em opção. Este inclui comandos por voz. Entre a lista de opcionais encontra-se ainda o ar condicionado, espelhos de ajuste elétrico e roda suplente.

O Spring tem uma garantia de 3 anos ou 100 000 kms e as baterias têm uma garantia de 8 anos ou 120 000 kms.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva