Mazda prepara um motor a gasolina tão limpo como um elétrico

Confirmada a terceira geração dos motores Skyactiv, o Mazda Skyactiv-3

Miguel Costa 29/01/2018 Noticias

A Mazda começa a ser vista como a “salvadora” dos motores de combustão. Contrariando a loucura em torno da eletrificação, a Mazda prepara-se para lançar já em 2019 o seu revolucionário motor Skyactiv-X, mas sabe-se agora que não vai ficar por aqui.

Segundo a Automotive News, a Mazda está a desenvolver um motor a gasolina que promete ser tão limpo como um elétrico, ao aumentar a eficiência térmica. Trata-se de uma terceira geração, denominada Skyactiv-3.

Antes, já em 2019, surgirá o Skyactiv-X, o primeiro motor a gasolina que utiliza ignição por compressão, que permite misturar gasolina e ar nos cilindros, tal como um motor com um sistema de ignição convencional. Contudo, alia a ignição convencional, através de vela, com a compressão. Isto significa que necessitará de utilizar apenas metade do combustível para o mesmo processo de combustão.

Kiyoshi Fujiwara explicou que este método permite queimar de forma mais limpa e rápida, “permitindo maior eficiência térmica, melhor economia de combustível e emissões de NOx mais baixas”.

Agora, o diretor executivo da Mazda, responsável pelos motores, Mitsuo Hitomi, revelou que a empresa está a trabalhar na futura tecnologia de motores Skyactiv-3, um motor a gasolina de terceira geração que promete ser tão limpo quanto o de um veículo elétrico.

O novo motor aumentará a eficiência térmica, reduzindo a quantidade de energia de combustão perdida pelo calor enquanto aumenta a quantidade utilizada para impulsionar as rodas. Comparado ao Skyactiv-X, a Mazda quer aumentar a eficiência térmica de 27% para 56%.

Relacionadas:

Os responsáveis da marca de Hiroshima atrevem-se mesmo a afirmar que a terceira geração dos seus motores será tão limpa quanto os elétricos porque a sua medição inclui o dióxido de carbono emitido pela produção de eletricidade que faz mover os veículos elétricos. Para veículos com motores de combustão interna, calcula as emissões da extração de petróleo e a refinação da gasolina.

Os cálculos de Mazda afirmam que, uma vez que toda a atividade é medida, alguns veículos elétricos são mais sujos do que alguns que funcionam a gasolina e com baixo consumo de combustível.

Hitomi não adiantou quando o Skyactiv-3 será apresentado, já que de momento o motor Skyactiv-X será lançado em 2019 no Mazda3, onde substituirá a primeira geração de motores de alta compressão, denominada Skyactiv-G, estreada em 2011.

Deixe o seu comentário