Suzuki Across chega em outubro e já tem preço

Novo SUV híbrido plug-in oferece 306 cv de potência e 75 km de autonomia elétrica

0 aos 100 21/09/2020 Noticias

O SUV híbrido Plug-in (de ligar à tomada) da Suzuki chega já no próximo mês de outubro com um preço de lançamento de 56.822 euros.

O Across, que resulta da parceria com a Toyota, utiliza a mesma mecânica do Toyota RAV4 Plug-in, ou seja, um motor de 2,5 litros de cilindrada e dois motores elétricos, alojados de forma independente em cada eixo. Em conjunto, oferecem uma potência máxima combinada de 225 kW (306 CV), o que permite acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 6,0 segundos e atingir uma velocidade máxima de 180 km/h.

O motor térmico de injeção dupla possui 2.487 cm3 e desenvolve uma potência de 136 kW (185 CV) às 6.000 rpm e um binário de 227 Nm entre as 3.200 e 3.700 rpm. 

O motor elétrico no eixo dianteiro desenvolve uma potência de 134 kW (182 CV) e 270 Nm de binário, enquanto o motor traseiro oferece 40 kW (54 CV) e um binário de 121 Nm. É automaticamente ligado quando distintos sensores detetam a menor diferença de rotação entre as rodas, para permitir funcionar a tração 4x4.

A bateria de iões de lítio tem 18.1 kWh de capacidade, o suficiente para garantir até 75 km em modo 100% elétrico.

O sistema de tração 4WD E-Four é gerido pelo controle eletrônico integrado AWD Integrated Management (AIM) que distribui a potência entre os dois eixos, na proporção de 100% para o eixo dianteiro ou até 80% para o traseiro, se necessário. Para desfrutar em todos os tipos de superfícies, o Across incorpora um seletor circular para escolher um dos modos de condução: ECO, NORMAL, SPORT e TRAIL. 

No modo TRAIL, a eletrônica controla o diferencial para garantir a máxima capacidade de tração e o controle total do veículo em superfícies de baixa aderência, para além de ativar os travões, de forma seletiva, nas rodas que patinam.

Gestão de energia

O novo Suzuki ACROSS permite selecionar um dos três modos funcionamento, EV, Auto EV/HV y Charge Hold, mediante uns botões alojados na consola central, junto ao seletor de mudanças. Em condições normais de utilização, quando o condutor coloca o veículo em andamento, ativa-se por defeito o modo EV (Eletric vehicle) e apenas os motores elétricos dão energia ao veículo, mesmo em aceleração total. Neste modo, o ACROSS atinge até 75 km de autonomia apenas com energia elétrica e pode atingir a velocidade máxima de 135 km/h.

Se a função Auto EV/HV estiver ativada, a gestão eletrônica do motor decide, de forma autônoma, como utilizar todo o conjunto mecânico, de acordo com as necessidades do condutor.

O modo Charge Hold preserva a carga da bateria para utilizar posteriormente e otimiza a regeneração de energia, ao levantar o pé do acelerador, para recarregar a bateria.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva