Novo BMW Série 4 já é oficial e chega em outubro

Nova geração do Série 4 Coupé surge diferenciado do Série 3 e promete uma distribuição de peso entre eixos de 50:50

0 aos 100 02/06/2020 Noticias

Vítima das típicas fugas que antecedem as apresentações oficiais, o novo Série 4 Coupé já é oficial. A nova geração destaca-se desde logo pela "polémica" grelha, que promete não reunir unanimidade (ou se gosta, ou se detesta), seguindo a tendência lançada pelo Série 7.

Esta é, de resto, uma solução para sublinhar a sua identidade face ao Série 3, com o qual partilha a plataforma, sendo que os faróis em LED (incluídos de série, com opção de iluminação com tecnologia laser) são também mais finos, procurando conferir ao 4 maior agressividade.

A traseira, como esperado, remete para a do Série 8 Coupé, aliás, como todo o perfil do primeiro elemento do novo Série 4, que será seguido pelo Cabrio e o Gran Coupé, ambos previstos para o decorrer do próximo ano. 

Com lançamento em Portugal agendado para outubro, o novo Série 4 tem 4,77 metros de comprimento (o que faz dele 128 mm mais comprido face ao antecessor), tem 1,85 m de largura (mais 27 mm), 2,85 m de distância entre eixos (mais 41 mm) e 1,38 m de altura (mais 6 mm). Face ao Série 3, o 4 é 57 mm mais baixo, além de ter mais 18 mm de largura na via dianteira e mais 23 mm na traseira. As jantes de série são de 18 polegadas, havendo opção de 19”.

Veja ainda:

O habitáculo é praticamente decalcado do Série 3. Destaque para o botão start & stop agora posicionado na consola central à esquerda do punho da caixa. Comparado com o Série 3, o centro de gravidade do Série 4 é 21 mm mais baixo. A distribuição de peso entre eixos é de 50:50.

Quanto aos motores, o novo Série 4 surge no lançamento com as versões a gasolina 420i de 184 cv, 430i de 258 cv (ambos com base num 2.0) e M440i xDrive (com um motor 3.0 de seis cilindros com 374 cv e 500 Nm – a anunciar 0-100 km/h em 4,3 segundos), além do Diesel 420d de 190cv.

A atual versão de topo M440i xDrive e os Diesel surgem associados a um sistema híbrido de 48V, que permite recuperar energia na travagem, além de apoiar em aceleração com mais 11 cv.

Em março de 2021 chega os Diesel 430d xDrive e M440d xDrive com um seis cilindros 3.0. Pela mesma altura deve chegar o novo M4 (que estará disponível nos três formatos de carroçaria e terá versões entre 480 e 510 cv) e o elétrico i4.

 

 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente