Renault Twingo e Clio com GPL a partir de setembro

Uma das novidades para 2018. Mégane Grand Coupé é outra e chega antes do verão

Miguel Costa 19/01/2018 Noticias

A Renault vai lançar, no último quadrimestre do ano, as versões GPL do Clio e Twingo.

Esta é só uma das novidades que a marca francesa tem em agenda para 2018, a par do Mégane Grand Coupé, uma versão sedan 3 volumes e 4 portas do Mégane, igualmente prevista para o segundo quadrimestre do ano.

Sobre o GPL na Renault, uma estreia depois do sucesso na Dacia, destina-se a propor alternativas aos combustíveis tradicionais (gasolina e gasóleo), ajustar-se à realidade do mercado e preparar o fim das motorizações Diesel do Clio, algo que será transversal à concorrência.

Antes, nos primeiros quatro meses do ano, chega o muito aguardado Mégane RS, agora com um motor 1.8 de 280cv, acompanhado do alargamento da gama do elétrico Zoe, e o novo furgão 100% elétrico Master ZE.

Relacionadas:

No segundo quadrimestre, com o Mégane Grand Coupé, que substiuirá o Fluence, será também lançado o Mégane Trophy, esperando-se mais de 300cv.

Em relação à Dacia, o Dokker na versão de passageiros vai passar a estar disponível em Portugal, mas o novo Duster também chegará ao país, ainda que em data ainda a definir.

O lançamento do Duster em Portugal foi adiado pela absurda lei das classes de portagens que, à semelhança do que já acontecera com o Renaul Kadjar, atiraram o SUV para Classe 2 nas autoestradas, o que travaria o sucesso comercial do novo modelo.

Como no Kadjar, a Renault vai alterar as especificações do novo Duster de forma a baixar a altura ao solo medida na vertical do eixo dianteiro, de forma a encaixar o modelo na Classe 1.

Por ultimo, as entregas dos primeiros Alpine A110 Première Edition estão previstas para o primeiro quadrimestre e a produção da gama regular está programada para depois do verão.

Deixe o seu comentário