Infraestruturas de Portugal estuda taxa sobre carros elétricos

Isenção do IUC para carros elétricos em vias de acabar

0 aos 100 07/05/2020 Noticias

O conselho geral e de supervisão da Infraestruturas de Portugal (IP) “considera necessário promover uma discussão sobre a existência de uma compensação” para a empresa “sobre os carros elétricos que utilizam a infraestrutura”, à semelhança do que acontece com os restantes veículos automóveis, que pagam IUC (Imposto Único de Circulação).

Segundo o Jornal de Negócios, a intenção é apresentada no relatório anual de atividades de 2019. “Poderá constituir uma contribuição para a conservação das vias rodoviárias entregues à IP e, no futuro, deveria incorporar uma parcela pelo uso que os carros elétricos fazem das mesmas”, sublinha o documento.

Atualmente já é cobrada uma contribuição sobre automóveis a gasolina, gasóleo e GPL, que não é mais que o IUC (Imposto Único de Circulação), uma taxa a que os carros elétricos estão, atualmente, isentos. 

Veja ainda:

O assunto já foi “abordado numa reunião com o conselho de administração executivo pois o conselho geral e de supervisão entende ser muito importante que sejam consideradas alternativas em resultado desta alteração do paradigma introduzido pelas viaturas elétricas“, defende o órgão.

As vendas de carros elétricos têm vindo a aumentar. Atualmente, representam 0,3% do parque automóvel de ligeiros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'