Aston Martin apresenta V6 Twin Turbo de 1.000 cv

Novo motor será estreado no Valhalla, que chega em 2022

0 aos 100 24/03/2020 Noticias

A Aston Martin desvendou o seu novo V6 biturbo de 3 litros destinado à traseira do Valhalla, onde formará parte de um esquema híbrido que debitará, pelo menos, 1000cv. Este é o primeiro motor fabricado internamente pela própria Aston Martin desde 1968 e vai sustituir o atual V8 biturbo de origem Mercedes-AMG.

Com o nome de código TM01, em homenagem a Tadek Marek, engenheiro responsável pelos motores de 6 e 8 cilindros da Aston em meados do século XX, este novo V6 foi desenvolvido para uma configuração de duplo turbocompressor e formar sistemas híbridos, incluindo aplicações híbridas diretas e híbridas plug-in.

A Aston Martin afirma que os níveis de potência e de binário serão «determinados pelas características de cada produto onde será utilizado», o que significa que outros modelos também receberão o novo motor, nomeadamente no novo Vanquish, que será lançado em 2023. 

Veja ainda:

Andy Palmer, CEO da Aston Martin, comentou o novo motor: «Investir motores próprios é uma tarefa difícil, mas a nossa equipa enfrentou o desafio. No futuro, este motor fará parte de muito do que fazemos e os primeiros sinais do que este motor alcançará são incrivelmente promissores».

O Valhalla, superdesportivo posicionado abaixo do Valkyrie, tem lançamento agendado para 2022. Serão produzidos 500 exemplares, cada um por um preço de “pelo menos” 1 milhões de euros.

A transmissão estará a cargo de uma caixa de dupla embraiagem de oito relações, e o objetivo é de que faça os 0 aos 100 km/h em “menos de 2,5 segundos” e supere folgadamente os 350 km/h de velocidade máxima.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'