Tesla vai produzir 1.200 ventiladores esta semana

Elon Musk doou milhares de máscaras médicas descartáveis e equipamentos médicos de proteção individual

0 aos 100 23/03/2020 Noticias

O co-fundador e presidente da Tesla, Elon Musk, passou de negar uma possível crise de saúde nos Estados Unidos causada pela pandemia de Covid-19 a oferecer os serviços das suas empresas (Tesla e SpaceX) para fabricar ventiladores e doar milhares de máscaras para hospitais.

"Esperamos ter mais de 1.200 (ventiladores) para distribuir esta semana. Entregá-los, instalar e que comecem a funcionar é a parte mais difícil", disse Musk no Twitter, que acrescentou que "os ventiladores devem chegar dentro de dias".

Segundo o jornal Expansión, Donald Trump pediu aos construtores de automóveis Ford, General Motors e Tesla a produzirem ventiladores devido à crescente procura dos equipamentos médicos pelos pacientes mais graves com coronavírus.

Veja ainda:

Entretanto, sabe-se que Musk doou milhares de máscaras médicas descartáveis e equipamentos médicos de proteção individual, uma vez que vários utilizadores do Twitter confirmam que já receberam as primeiras remessas destinadas a hospitais e entidades de saúde, como o Centro Médico de University of Washington (UW Medicine), um hospital da cidade em Seattle, estado de Washington.

"Uma foto rápido de 50.000 máscaras N95 e inúmeras máscaras PAPR de Tesla e Elon Musk para responder à COVID19 na minha garagem antes de ser carregados em carrinhas da Universidade de Washington Medicine. Grato à Tesla por esta doação extremamente rápida. Estamos extremamente necessitados de momento", escreveu o Dr. Adams Waldorf, especialista em Obstetrícia e Ginecologia da Universidade, no Twitter. 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'