Ferrari também vai fabricar ventiladores

Ferrari prepara-se para aplicar a sua tecnologia na fabricação de ventiladores destinados aos hospitais

0 aos 100 21/03/2020 Noticias

Sem Fórmula 1, a divisão de competição da Ferrari vai produzir outro tipo de “máquinas”. Não destinadas às pistas, mas antes destinadas a meter ar nos pulmões dos infetados pelo Covid-19.

A Scuderia fechou um acordo com a Siare Engineering International Group, uma pequena empresa de Bolonha especializada em ventiladores, para ajudar na produção neste tipo de equipamentos que, a par das luvas e das máscaras, são do que mais faz falta aos hospitais.

Veja ainda:

O objetivo é que a equipa de Fórmula 1 ajude a produzir 2.500 ventiladores em lugar dos 150 que a Siare produz por semana.

"Estanos em conversações com a Ferrari, a Fiat Chrysler e a Marelli, para ver se nos pode dar uma mãoquanto a componentes eletrónicos", afirmou Gianluca Preziosa, diretor executivo da Siare, à Reuters.

Há dias, a família Agnelli (controlam Juventus, Alfa Romeo, Ferrari, Lancia e Chrysler, assim como os jornais "La Stampa" ou "Corriere Della Sera"), doou 10 milhões de euros à proteção civil italiana para apoio ao combate do coronavírus.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'