Volvo chama à oficina 740 mil carros

Falha no sistema de travagem afeta todos os veículos produzidos desde janeiro de 2019.

0 aos 100 18/03/2020 Noticias

A Volvo vai chamar à oficina nada menos que 736.340 veículos devido a defeito no sistema de travagem de emergência (AEB), um sistema de assistência de condução que visa monitorizar e precaver situações de perigo inesperadas, com especial benefício para ciclistas e peões.

A falha, que não está relacionado com qualquer acidente nem com o sistema principal de travagem do veículo (acionado pelo condutor), foi descoberto durante uma sessão de testes realizado pela FDM (Federação dos Automobilistas da Dinamarca).

Os testes realizados com um XC60 demonstrou que o sistema falhou por repetidas ocasiões sem que o veículo se imobilizasse perante um obstáculo simulado.

Veja ainda:

O erro no sistema de travagem automática é causado por um sensor de temperatura colocado na câmara do pára-brisas em quase todos os modelos da Volvo, incluindo V90/S90, V60, XC90, XC60 e XC40.

Os engenheiros da Volvo descobriram que a falha está presente em todos os modelos da Volvo produzidos a partir de 21 de janeiro de 2019. A Volvo alega tratar-se de um erro de software e decidiu fazer um "recall" a todos os veículos afetados para uma atualização e verificação de sistema.

Lone Otto, chefe técnico da FDM explicou que "entramos em contato com a Volvo no final de 2019 e, embora nos levassem a sério, tivemos de apelar com alguma insistência para responderem às nossas preocupações. Como organização de direitos do consumidor, estamos totalmente confusos ao lidar com uma falha crítica de segurança dessa maneira. A Volvo pode e deve fazer melhor".

Em Portugal ainda não se conhecem quantas unidades serão alvo de recolha, mas em Espanha serão 19.300 veículos os chamados.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo