Sabe qual foi o modelo mais 'abatido' em 2019?

Abatidos 111.112 veículos em Portugal com uma idade média de 22 anos

0 aos 100 18/03/2020 Noticias

Em 2019, em Portugal, foram enviados para abate 111.112 veículos, sendo que a média de idades dos automóveis em causa foi de 22 anos.

Segundo o Observador, mais de 111 mil veículos em fim de vida abatidos em 2019, 86.739 foram processados através da rede de abate da Valorcar (entidade sem fins lucrativos pertença da ACAP – Associação Automóvel de Portugal), com 95%, e da AEPSA (Associação das Empresas Portuguesas para o Meio Ambiente) com 5%.

O Opel Corsa foi o modelo mais destruído, seguido do Fiat Punto.

Veja ainda:

Quanto a marcas, a Renault lidera com 17.069 veículos para abate, seguida pela Opel com 14.378 veículos, Fiat com 12.188, Ford com 10.512, e Volkswagen com 8.749 veículos abatidos.

Portugal tem um parque circulante de 6,281 milhões de veículos, dos quais 80% são ligeiros de passageiros, ou seja, 5,015 milhões de automóveis. Destes, mais de 900 mil têm mais de 20 anos.

A ACAP chama a atenção para a tendência de aumento da idade média do parque circulante nacional, que ronda atualmente os 12,7 anos, a mais alta de sempre; no ano 2000, a idade média cifrava-se em 7,2 anos. A União Europeia considera um parque automóvel envelhecido quando a idade média supera os 10 anos… A associação salienta ainda que 62% dos 5,015 milhões de automóveis ligeiros em circulação são anteriores a 2008.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'