Como evitar o contágio nos postos de combustível

Algumas dicas para evitar correr riscos quando precisar de reabastecer a sua viatura

0 aos 100 13/03/2020 Noticias

Embora a recomendação para o surto de Covid-19 seja ficar em casa, é possível que precise se movimentar-se (ir ao supermercado ou trabalhar, por exemplo), algo que obrigará certamente ao reabastecimento da viatura num posto de combustível. E como local de grande afluxo de pessoas, é também uma possível fonte de infecção.

A sobrevivência do vírus depende, como indicam os especialistas, da temperatura e humidade do ambiente. Mas especialmente do tipo de superfície. Onde eles sobrevivem mais é em uma superfície de metal, segundo indicam. Também em plástico, até dois três dias sobrevive em plástico e aço inoxidável, de acordo com vários relatórios.

No momento de pegar na mangueira, é altamente recomendável colocar luvas descartáveis ​​nas duas mãos. Os lenços também podem ajudar a evitar o contacto direto com os materiais (no caso do posto não dispor de luvas ou papel disponíveis).

Veja ainda:

Quando tocar no ecrã, se necessário, das teclas do terminal de multibanco (onde centenas de pessoas tocam diariamente) tenha também atenção, são foco de germes.

No final não se esqueça de deitar as luvas ou lenço no lixo, sem tocar na parte exterior.Retire a luva com cuidado e vire-a do avesso, de forma a diminuir ao máximo a possibilidade de contacto com qualquer partícula. Já em relação ao papel, o aconselhável é que este seja deitado no lixo de imediato e sem alterar a forma de o agarrar.

Escolha um posto que permita o pagamento automático, onde é feito o abastecimento, evitando o interior do posto de abastecimento onde se encontra o operador de caixa (e por onde passaram várias pessoas).

De qualquer forma, e mesmo que tenha tomado todas as precauções, limpe as mãos com desinfetante antes voltar a entrar no carro. Evitará assim espalhar germes dentro do veículo. Estas dicas são também válidas para o carregamento de carros elétricos num carregador público.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente