Trabalhadores da Autoeuropa recebem prémio adicional de 300 euros

Bónus adicional de 300 euros que somam aos 1.400 de prémio de produção

0 aos 100 13/03/2020 Noticias

Os trabalhadores da Autoeuropa vão receber um prémio adicional de 300 euros por terem superados as metas de produção definidas.

A informação foi avançada por fonte oficial da Autoeuropa ao jornal ECO. Este montante acresce ao bónus de produção que os trabalhadores têm contratualizado sempre que os objetivos definidos são cumpridos e que, no caso dos operadores fabris e dos técnicos de manutenção, ascende a 1.400 euros.

O prémio de produção é pago em duas tranches. “A primeira foi paga em janeiro e a segunda será paga no final deste mês”, disse ao ECO um responsável da comissão de trabalhadores da Autoeuropa.

Veja ainda:

Em causa estão 1.400 euros, pelo desempenho que a fábrica teve — foram produzidos 900 veículos por dia, e a empresa, 14 anos depois, voltou a liderar o ranking das exportadoras nacionais, destronando a Petrogal.

“Este montante corresponde à média salarial dos operadores, o que significa que para os operadores nos escalões mais baixos, o prémio é superior a um salário mensal”, explicou o mesmo responsável. Para os quadros intermédios, o valor do prémio é equivalente a um salário, que ronda os dois mil euros.

A estes montantes acresce agora um bónus adicional de 300 euros, isto num ano em que a fábrica de Palmela quase atiingiu os três milhões de unidades. Desde que foi inaugurada, em 26 de abril de 1995, já produziu 2.941.955 automóveis.

Os bónus que os trabalhadores de Palmela vão receber comparam com os 4.950 euros brutos que os colaboradores da Volkswagen AG vão receber, no âmbito do seu acordo de empresa. Neste caso, já foram pagos 1.690,50 euros com o salário de novembro e os restantes 3.259,5 serão pago juntamente com o vencimento de maio.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'