O adeus prematuro do Suzuki Jimny?

Emissões de CO2 travam 'aventura' da nova geração do pequeno jipe da Suzuki

0 aos 100 23/01/2020 Noticias

O Suzuki Jimny pode ter os dias contados na Europa. Segundo a Autocar, o pequeno jipe deixará de ser comercializado devido aos elevados níveis de emissões de CO2. Apesar de ter um motor 1.5 de 102 cv a gasolina, o Jimny emite 178 g/km de CO2.

Só com a exclusão do Jimny do catálogo é que o construtor conseguirá reduzir a média de emissões na sua gama.

Veja ainda:

Contudo, o modelo poderá regressar em 2021, embora apenas no formato de "comercial", de dois lugares – que não são sujeitos às mesmas normas de emissões poluentes.

Posteriormente, o modelo deverá receber uma motorização menos poluente, possivelmente mild-hybrid ou até elétrica.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente