Rali de Portugal 2020: os mapas das especiais

Edição de 2020 terá 22 Especiais de Classificação, mais quatro que na edição anterior

0 aos 100 16/01/2020 Desporto

A edição de 2020 do Rali de Portugal, que decorre entre 21 e 24 de maio, terá um percurso mais longo, com mais quilómetros, mais especiais de classificação, com a integração de Mortágua, Felgueiras e o regresso da “Porto Street Stage”. Ao todo, um percurso de 1.582,25 km, dos quais 330,98 km disputados ao cronómetro ao longo de 22 Especiais de Classificação, mais quatro que na edição anterior.

partida oficial volta a ser dada em Coimbra, junto à Porta Férrea da Universidade, e a base operacional da prova mantem-se na Exponor, em Matosinhos, com as verificações administrativas e técnicas, o parque de assistência e a maior parte das partidas e chegadas.

Partida noturna em Coimbra

No primeiro dia, 24 de maio, realiza-se o último teste para os pilotos e os carros no Shakedown, em Paredes. É também aí que os adeptos podem ver, pela primeira vez ‘em ação’, todas as máquinas e os pilotos, que participam na Prova.

À noite, tem lugar a cerimónia oficial de partida da prova em Coimbra, junto à Porta Férrea da Universidade. Antes, tem lugar a sessão de autógrafos dos principais pilotos e a fotografia oficial do Rali de Portugal.

Novo troço de Mortágua em dia de intensa competição

Na 6ª feira, os carros partem para uma “Tyre Fitting Zone” ainda em Coimbra e seguem para uma dupla passagem nos troços de Lousã, Góis – este último com um novo local de partida – e Arganil – com cerca de 5 km novos. Aqui, contando com um reagrupamento entre as duas passagens.

Mortágua, uma novidade no traçado deste ano, encerra a passagem do rali no Centro. O final do dia acontece já no Norte com a única Super Especial do rali, no Eurocircuito de Lousada.

No sábado, o WRC Vodafone Rally de Portugal percorre os troços de Vieira do Minho, Cabeceiras de Basto e Amarante, este ano com um novo local de início e menos 7 km, mas continua a ser a classificativa mais longa e certamente uma das mais exigentes do rali.

dia termina com o regresso da Porto Street Stage, uma dupla classificativa urbana que volta a ser disputada na zona da Avenida dos Aliados, junto à Câmara Municipal.

Felgueiras regressa no último dia

O último dia de competição corresponde a uma etapa curta, mas de grande importância e com algumas novidades.

Assim, no domingo o Rali de Portugal conta com seis troços, sendo novidade a introdução do troço de Felgueiras, com uma dupla passagem da caravana do mundial de ralis, a par dos troços de Montim e Fafe. A segunda passagem por Fafe volta a ser disputada em formato Power-Stage e tem o aliciante da atribuição de bonificações pontuais aos pilotos melhor classificados.

Programa e horários:

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'