Ferrari já trabalha no sucessor do LaFerrari

Novo hipercarro terá como foco o baixo peso e comportamento dinâmico. Poderá não ser o mais potente da Ferrari

0 aos 100 31/12/2019 Noticias

A Ferrari já deu início ao desenvolvimento do seu próximo hipercarro, sucessor do icónico LaFerrari. A nova máquina de sonho não deve ser lançada antes de 2022 e será um um pouco diferente do antecessor, uma vez que a Ferrari vai concentrar o desenvolvimento no baixo peso, aerodinâmica e um comportamento dinâmico de referência.

Em entrevista à revista inglesa Auto Express, o chefe de engenharia Enrico Galliera deu a entender que o novo modelo poderá até mesmo não ser mais potente que o SF90 Stradale, atualmente o Ferrari de produção mais potente, com 1.000 cv - V8 biturbo de 4.0 litros combinado com três motores elétricos.

Veja ainda:

O movimento contrário à tendência de “guerra pela maior potência” deverá posicionar o novo Ferrari no patamar de um Aston Martin Valkyrie. O foco será mais na precisão de condução que apenas na potência do motor. Por isso, o novo hipercarro poderá ser tecnicamente menos complexo que o LaFerrari.

V12 é para continuar

Além disso, Galliera confirmou que a Ferrari vai continuar a trabalhar em melhorias para o V12 atmosférico de 6,5 litros, que vai continuar a receber evoluções e ficar longe do auxílio dos motores elétricos. O motor terá materiais mais leves e melhores sistemas de injeção.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'