Mais autopistas gratuitas em Espanha

Mais 468 quilómetros que passam a ser gratuitos

0 aos 100 29/12/2019 Noticias

É já, a 1 de janeiro de 2020, que 468 quilómetros de autopistas (autoestradas) espanholas vão deixar de ter portagem e passarão a ser de utilização gratuita.

Os troços em causa – que tinham portagem há 46 anos – ligam Sevilha a Cádis (AP-4) e Tarragona a Alicante (AP-7). Ao todo, 468 quilómetros que passam a ser gratuitos.

Segundo o El Mundo, a medida surge como resposta a uma reivindicação antiga por parte não só dos cidadãos como dos políticos das comunidades de Valência, Catalunha e Andaluzia.

Até aqui, os autocarros turísticos pagavam 45,90 euros para circular no troço da AP-7 (e os camiões pagavam 62,80 euros) e 7,45 euros na AP-4 (12,89 euros para os camiões).

Contudo, este é apenas o primeiro passo de uma medida que promete ser mais ampla, e que arrancou em dezembro de 2018 com o fim da portagem da AP1 entre Burgos e Armiñon (Álava), uma vez que, a partir de 1 de setembro 2021, está prevista a abertura completa da AP-7, de Tarragona até La Jonquera (na província de Girona), passando por Barcelona.

Ver mais:

Todo o trajeto, que tem uma circulação média de 23 500 veículos por dia, passará a ser gratuito para os condutores e os custos da autopista passarão a ser cobertos pelos fundos do estado espanhol.

Também a 1 de setembro de 2021 passará a ser gratuita a AP-2, entre Zaragoza e o Mar Mediterrâneo.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo