Novos Smart Fortwo e Forfour (agora só elétricos) já têm preços

Smart assume-se como marca exclusivamente de carros elétricos

0 aos 100 26/12/2019 Noticias

Arrancou a nova era da Smart, agora sem motores de combustão (gasolina ou gasóleo). Os novos Fortwo e Forfour EQ são exclusivamente elétricos e já podem ser encomendados, com preços a partir de 22.845 euros.

O preço refere-se ao Fortwo EQ, sendo que o Forfour EQ tem preços a partir de 23.745 euros, enquanto o Fortwo Cabrio EQ começa nos 26.395 euros.

Estão disponíveis três níveis de equipamento, o Passion, o Pulse (acresce 605 euros) e o Prime (acresce 930 euros - 1290 euros no Forfour).

O motor continua a ser a unidade de 82 cv e 160 Nm, a mesma que a Renault utiliza nas versões base dos antigos Zoe, alimentado por uma bateria com apenas 17,6 kWh, o que assegura uma autonomia no Fortwo de 147 a 159 km (e de 140 a 153 km no Forfour).

Veja ainda:

A Smart anuncia uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 11,6 segundos no Fortwo, 11,9 seg. no Cabrio e 12,7 no Forfour. A velocidade máxima é de 130 km/h.

Carrega numa tomada doméstica em pouco mais de 3h30 numa tomada doméstica. Com um cabo opcional de 22 kW consegue encher de 10 a 80% das baterias em menos de 40 minutos. O carregador de 22 kW é um opcional e custa 995 euros.

A mudança para marca exclusivamente elétrica é acompanhada por uma profunda atualização, a começar por uma grelha mais baixa e maior, enquanto na traseira há novos farolins. Os faróis full-LED redesenhados são opcionais e existem novas combinações de cores à disposição.

Por dentro, a consola conta agora com um compartimento em frente ao condutor, para o smartphone ou dois suportes amovíveis para copos. O sistema de infoentretenimento foi também simplificado e promete ser mais intuitivo, com um novo ecrã de 8 polegadas e com novas funções e apps.

A aplicação para smartphone, que possibilita a consulta de informação do nível de carga da bateria e programar a climatização, por exemplo, também foi revista.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva