Mercedes-Benz paga 13 milhões de multa por atrasos nas recolhas

Em causa está a recolha de 1,4 milhões de unidades, envolvidos em 101 chamadas à oficina 

0 aos 100 21/12/2019 Noticias

A Mercedes-Benz aceitou pagar 13 milhões de dólares de multa por ter sido “apanhada” a deixar derrapar os prazos em que deveria contactar os clientes e chamá-los à oficina por motivos de correção de problemas e/ou defeitos de fábrico

O objetivo da multa aplicada pela National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), organismo que controla entre muitas outras coisas as relações entre os fabricantes de automóveis e os seus clientes. visa sobretudo defender os condutores que adquiriram veículos usados, o que torna mais difícil aos construtores conhecerem a sua identidade e, por consequência, contactá-los.

Em causa está a recolha de 1,4 milhões de unidades, envolvidos em 101 chamadas à oficina entre 2016 e 2018. O problema é que nessas 101 chamadas, em seis delas os clientes não foram contactados no prazo obrigatório de 60 dias. Noutras 22, a NHTSA não recebeu a necessária documentação nos cinco dias úteis que se seguiram à tomada de conhecimento, para em 14 ocasiões a Mercedes ter inicialmente listado a data para o recall como “desconhecida” e depois se ter esquecido de actualizar a informação assim que se tornou definitiva.

Veja ainda:

A Mercedes-Benz admitiu que falhou alguns prazos e não respeitou algumas normas, garantindo que não agiu deliberadamente, o que livrou o construtor de uma penalização maior, com a multa a ficar-se pelos 13 milhões de dólares.

A partir de agora, a cada trimestre, a Mercedes e a NHTSA vão encontrar-se para analisar de como estão a ser feitas as recolhas de veículos, com a casa de Estugarda a referir que “estamos a desenvolver procedimentos mais robustos no sentido de comunicar preocupações com eventuais não conformidades.”

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo