Oficial: Peugeot associa-se à Rebellion para o ataque ao WEC

Peugeot 'rebela-se' para disputar a nova categoria de resistência 'Hypercar'

0 aos 100 04/12/2019 Desporto

A Peugeot, que já tinha anunciado o regresso ao WEC e às 24 Horas de Le Mans para 2022, revelou agora que o irá fazer em conjunto com a Rebellion Racing com o objetivo de enfrentar o desafio dos 'Hypercars' no Mundial de Resistência.

Assim, a partir de 2022, as duas entidades irão "focar-se na sua paixão conjunta pela competição automóvel, nos sucessos alcançados por ambas na disciplina e nos seus pedigrees desportivos e tecnológicos para disputarem a nova categoria de resistência “Hypercar”, recorrendo a potência híbrida".

A equipa técnica irá definir as linhas mestras do projeto, em janeiro de 2020, altura em que a Peugeot Sport e a REBELLION Racing estarão a definir a estrutura de toda a equipa.

"Estou muito entusiasmado com este programa e por irmos trabalhar associados a um grande parceiro. A paixão comprovada da REBELLION, a busca pela perfeição e as credenciais de performance encaixam-se perfeitamente com os valores da PEUGEOT, de padrões exigentes, design acutilante e emoção”, comentou Jean-Philippe Imparato (CEO da PEUGEOT).

Alexandre Pesci, presidente da Rebellion Corporation, afirma que "a paixão comum a ambas as empresas fala por nós. Juntos, iremos construir um carro e uma equipa para competir no que promete ser um campeonato deveras disputado, e estabelecer novos recordes de sucesso em conjunto.”

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva