Alemanha multa BMW, Daimler e Volkswagen em 100 milhões de euros

Segundo a Autoridade da Concorrência alemã, empresas combinavam preços com fornecedores de aço

0 aos 100 21/11/2019 Noticias

O Bundeskartellamt, a autoridade alemã responsável pela regulação da concorrência e dos direitos do consumidor, multou a BMW, o Grupo Volkswagen e a Daimler por concertação na fixação dos preços do aço. Ao todo, 100 milhões de euros de multa que as três empresas aceitaram pagar.

Segundo o comunicado do Bundeskartellamt, a multa corresponde a práticas anticoncorrenciais na compra de produtos siderúrgicos.

Conforme explicado pelo presidente da autoridade alemã, Andreas Mundt, entre 2004 e 2013, os representantes da BMW, Daimler e Volkswagen reuniam-se regularmente com fabricantes de aço, de forjamento e grandes fornecedores para discutor um preço uniforme para a compra de aço e produtos siderúrgicos.

Veja ainda:

Entre esses produtos encontram-se, entre outros, bielas, árvores de cames ou barras de direção, que são compradas em empresas de forjamento ou produzidas pelos próprios fabricantes.

Considerado um dos principais pilares da economia alemã, o aço é bastante utilizado na indústria automóvel: segundo a World Steel Association (associação internacional do aço), cada automóvel produzido na Alemanha utiliza, em média, quase uma tonelada de aço na sua produção.

Segundo Automotive News Europe, a BMW deverá pagar 28 milhões de euros, enquanto a Daimler revelou que vai pagar 23,5 milhões euros. Já o Grupo VW recusou-se a comentar o valor da multa a pagar.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ao volante do Hyundai Kauai Hybrid. Inteligência funcional
Toyota Corolla Touring Sports TREK, uma carrinha com 'alma' SUV