0,7 euros/100 km. Scooter elétrica da Seat chega em 2020

Fabricante espanhola adere às duas rodas com uma scooter elétrica com 115 km de autonomia

0 aos 100 21/11/2019 Noticias

A Seat aventura-se no mundo das duas rodas com a eScooter, a sua primeira moto elétrica que, embora ainda seja apresentda como concept, poucas alterações deverá ser alvo quando chegar ao mercado já no próximo ano.

«É outra visão. Uma mota é muito mais interativa com o ser humano e há mais implicações ergonómicas», afirma Joan Melenchon, designer de exteriores da marca espanhola. «Para um designer de automóveis foi obviamente um grande desafio criar algo para um público diferente daquele a que estamos acostumados», diz Francesca Sangalli, responsável de Color&Trim da Seat.

A eScooter conta com um motor de 7 kW (10 cv) com picos de 11 kW (15 cv), equivalente a 125cc, oferecendo um binário máximo de 240 Nm. Tem uma autonomia de 115 km, de acordo com o protocolo de medição World Motorcycle Test Cycle (WMTC), e os 100 km/h de velocidade máxima.

Veja ainda:

Os 0-50 km/h são atingidos em 3,8 segundos e prevê a possibilidade de remover a bateria, para facilitar a recarga do acumulador em casa, idealmente durante a noite.

"O custo estimado do carregamento é acessível para todos os clientes, uma vez que será de 0,7€/100km. Além disso, o conceito eScooter tem a capacidade de armazenar dois capacetes debaixo do assento, está conectado e os utilizadores podem controlar o seu nível de carga ou localização através de uma aplicação”, sublinha a Seat.

A sua estrutura é formada por linhas simples e estilizadas de base geométrica. «Priorizámos que deveria ser um objeto simples, icónico e prático. Não queríamos fazer um objeto minimalista em termos visuais, e sim em termos da sua utilidade», explica Joaquín García, responsável pela equipe de Design de Exteriores da Seat.

O Seat e-Scooter em números:

  • 100% elétrico
  • 115 Quilómetros de autonomia
  • 11 kW de potencia (equivalente a 125cc)
  • Velocidade máxima de 100 km/h
  • De 0 a 50 km/h em 3,8 segundos
  • Espaço para dois capacetes
  • Custo de carregamento de 0,7€/100 km

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!
Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...