MINI John Cooper Works GP: o MINI de estrada mais potende de sempre

O mais assanhado dos Mini tem dois lugares e produção limitada a apenas 3.000 unidades

0 aos 100 20/11/2019 Noticias

O Circuito do Estoril foi o cenário escolhido pela Mini para as imagens oficiais do modelo mais assanhado da história da marca, o novo Mini John Cooper Works GP. Mantendo apenas a tração às rodas dianteiras, extrai 306 cv do motor 2.0 sobrealimentado, potência que o coloca como um dos melhores e mais velozes "tração à frente". A lotação é limitada a piloto e navegador.

Ao motor de 2 litros, o construtor britânico alia uma caixa automática com oito velocidades. Em conjunto, conseguem levar o modelo para lá da fasquia dos 100 km/h em apenas 5,2 segundos, para uma velocidade máxima de 265 km/h. 

A indumentária do JCW GP distingue-o desde logo do seu irmão JCW e não esconde ao que vem. São muitos os adornos de inspiração profundamente ‘racing’ e componentes fabricados em plástico reforçado a fibra de carbono (CFRP). A estes acrescentam-se a enorme asa montada no tejadilho, o difusor inferior que integra os tubos de escape montados centralmente e as jantes em liga leve de 18 polegadas.

Veja ainda:

O JCW GP tem apenas dois lugares, já que o banco traseiro foi suprimido para criar o espaço suficiente à integração da célula de segurança – como na competição. Os bancos são bacquet e os cintos de segurança são em vermelho.

A produção está limitada a apenas 3.000 unidades, com as entregas previstas para março de 2020. O preço para Portugal arranca nos 48.900 euros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente