e-tron Sportback, o SUV Coupé elétrico da Audi

Segundo modelo da família e-tron chega em 2020 com uma autonomia de até 466 km

0 aos 100 20/11/2019 Noticias

A Audi reforça a família elétrica e-tron com um SUV Coupé, denominado e-tron Sportback. 

O segundo e-tron mantém as dimensões do modelo que lhe serve de base, o e-tron, ou seja, um comprimento de 4,90 metros (o Mercedes EQC tem 4,76 metros e o Jaguar I-Pace 4,68 m), o que o coloca entre o SUV tradicionais Q5 e Q7.

É apenas 13 mm mais baixo que o e-tron, embora ganhe 15 litros de espaço na bagageira (615 litros), perdendo apenas com os bancos rebatidos (70 litros), para 1655 litros.

Veja ainda:

Na versão Sportback 55, e-tron monta dois motores elétricos, um à frente e o segundo atrás, e uma bateria de 95 kWh. A potência máxima é de 360cv, que pode chegar aos 408 cv por 10 segundos, através de um “Boost Mode”. É capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em 6,6 segundos, alcançar os 200 km/h de velocidade máxima e uma autonomia de 466 km.

Posteriormente será lançada uma versão Sportback 50, equipada com uma bateria de 71 kWh. Anuncia uma potência de 313cv, acelera dos 0 aos 100 km/h em 6,8 segundos e permite uma velocidade máxima de 190 km/h. Neste caso a autonomia desce para os 347 km.

Quanto ao carregamento, o e-tron Sportback pode ser "alimentado" em pontos de carga rápida com 150 kW (120 kW no Sportback 50), pelo que será necessário apenas 30 minutos para alcançar 80 por cento de carga, tempo que aumenta para 8 horas com um carregador de 10 kW e umas cinco horas com um carregador rápido de 22 kW.

O e-tron Sportback será produzido em Bruxelas, na Bélgica, na mesma fábrica do e-tron convencional e chega no primeiro trimestre de 2020. Na Alemanha, os preços arrancam nos 71.350 euros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...