PSA e Fiat Chrysler chegam a acordo para fusão

Fusão vai criar um 'gigante' do setor automóvel avaliado em mais de 50 mil milhões de dólares.

0 aos 100 30/10/2019 Noticias

A Fiat Chrysler Automobiles (FCA) e o grupo PSA chegaram a um acordo para uma fusão das duas empresas que vai dar origem a uma nova gigante no setor, a ser liderada pelo português Carlos Tavares.

O acordo ainda não é oficial, mas fontes próximas do processo confirmaram ao The Wall StreetJournal (acesso pago) que o Conselho de Administração da PSA aprovou as condições do acordo numa reunião esta quarta-feira. 

A notícia das negociações foi conhecida esta quarta-feira e confirmada oficialmente pelos dois grupos. "Na sequência das informações publicadas na comunicação social sobre um possível acordo entre o Groupe PSA e o FCA Group, o Groupe PSA confirma que há contactos em curso com vista a criar um dos principais grupos automóveis mundiais", informou a direção de comunicação e relações públicas em Portugal do grupo francês.

Agora, surgem mais detalhes sobre o negócio: a PSA deverá pagar três mil milhões de euros aos acionistas a partir da venda do fabricante de peças Faurecia, enquanto a Fiat Chrysler vai pagar cinco mil milhões de euros em dividendos e distribuir as mais-valias da venda da Comau, avaliada em 250 milhões de euros, segundo o jornal, que refere que os governos dos EUA e de França já terão sido informados desta operação.

Veja ainda:

A fusão dos dois grupos dará origem a um enorme conglomerado de marcas, uma vez que a Fiat Chrysler Automobiles (FCA) compreende marcas como a Fiat, Alfa Romeo, Lancia, Maserati, Ferrari, Jeep, Dodge, Chrysler e RAM, entre outras, enquanto o Grupo PSA conta no seu portfólio com a Peugeot, Citroen, DS e Opel.

Em Portugal, o grupo PSA controla uma fábrica de automóveis comerciais ligeiros em Mangualde. No início deste mês, a empresa iniciou a produção em série do Opel Combo.

 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente