Miguel Oliveira com o resto da temporada em risco

Piloto português com lesões em tendões dos pulsos e no ombro direito

0 aos 100 29/10/2019 Desporto

Miguel Oliveira permanece em dúvida para o Grande Prémio da Malásia de MotoGP, a disputar no domingo, devido a lesões nos dois pulsos e no ombro direito.

Em comunicado, a equipa dá conta de que a ressonância magnética revelou "alguns problemas" em tendões dos dois pulsos e o agravamento da lesão no ombro direito do piloto natural de Almada, permanecendo em dúvida para a 18.ª e penúltima prova do Mundial.

"Depois dos exames que fiz na Austrália, no domingo, descobri alguns problemas nos tendões dos dois pulsos, mas nada de preocupante. Também vimos que a lesão no meu ombro piorou", explicou o piloto português, citado pelo comunicado da equipa francesa pela qual alinha nesta primeira época na classe rainha do mundial de motociclismo de velocidade.

Nesta altura, Oliveira ainda não decidiu sobre a participação na corrida de domingo. "Agora, juntamente com a KTM, estamos a tentar decidir o que fazer com isto, também para o futuro", escreveu o piloto português.

Veja ainda:

Contudo, o patrão da equipa, o francês Hervé Poncharal, manifestou-se "otimista" quanto à recuperação do português para a corrida.

"A boa notícia é que não há nenhuma fratura, está a curar a cada dia, mas ainda temos de esperar pela confirmação de que poderá alinhar, pelo que estamos bastante otimistas", disse Poncharal.

No sábado, Miguel Oliveira sofreu uma queda no final da reta da meta do circuito de Phillip Island, na Austrália, quando seguia a 300 quilómetros/hora na quarta sessão de treinos livres do GP australiano.

A duas provas do final do campeonato, o piloto português é 17.º classificado, com 33 pontos.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva