100 km de autonomia, dois lugares e 60 km/h: é assim o elétrico ultracompacto da Toyota

Veículo faz parte do novo modelo de negócios da Toyota focado na popularização de veículos 100% elétricos

0 aos 100 17/10/2019 Noticias

A Toyota vai apresentar no Salão de Tóquio um veículo ultracompacto 100% elétrico que será lançado no Japão no final de 2020, como parte integrante do novo modelo de negócios da Toyota focado na popularização de veículos 100% elétricos (BEV- Battery Electric Vehicle).

Esta solução de mobilidade, de última geração, que vai ser apresentada numa versão de produção foi projetada para fornecer mobilidade de curta distância e limitar o impacto no meio ambiente.

"Queremos criar uma solução de mobilidade que possa apoiar a sociedade envelhecida do Japão e oferecer liberdade de movimento às pessoas em todas as fases da vida", afirmou Akihiro Yanaka, chefe de desenvolvimento. “Com este ultracompacto elétrico, estamos orgulhosos por poder oferecer aos clientes um veículo que, não só permite maior autonomia, mas também, requer menos espaço, cria menos ruído e limita o impacto ambiental", concluiu o mesmo responsável da Toyota.

Veja ainda:

O veículo de dois lugares foi projetado especificamente para atender às necessidades diárias de mobilidade dentro as cidades. Tem uma autonomia de aproximadamente 100km com uma única carga, e uma velocidade máxima de 60 km/h e possui um raio de viragem extremamente curto.

A Toyota combina desta forma o lançamento deste ultracompacto elétrico, que está previsto para 2020, com um novo modelo de negócio que visa promover a adoção mais ampla de veículos 100% elétricos. O que inclui examinar todas as etapas da vida útil da bateria, desde o fabrico até à venda, revenda ou reutilização e reciclagem para maximizar seu valor.

No curto prazo, a Toyota irá concentrar-se em iniciativas alargadas de leasing, projetadas para recuperar as baterias usadas para avaliação e reutilização, conforme apropriado em veículos usados, como peças de reposição ou mesmo em aplicações que não sejam de automóveis.

A Toyota refere ainda que também está a desenvolver serviços periféricos para veículos elétricos a bateria, como estações de recarga e seguros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo