Sigla 'GTi' com os dias contados na Peugeot

Os tempos são de mudança e a sigla GTi parece que já não se encaixa na imagem de marca da Peugeot

0 aos 100 08/10/2019 Noticias

É impossível dissociar as siglas "GTi" dos mais desportivos da Peugeot (além do Volkswagen Golf GTi, naturalmente), especialmente depois do surgimento do emblemático 205 GTi, uma saga que poderá desaparecer em breve.

Segundo a Auto Express, uma vez que os modelos desportivos da marca de Sochaux passarão todos a ser híbridos plug-in ou elétricos deixará de fazer sentido a continuidade da sigla "GTi".

Assim, os sucessores do anterior 208 GTi (na imagem) e do sobrevivente 308 GTi deverão ostentar a designação “Peugeot Sport Engineered” – nome utilizado no protótipo de um híbrido plug-in desportivo, feito com base no 508, que poderá dar origem a um modelo de produção com cerca de 350 cv.

Veja ainda:

Nos planos está também um e-208 de alta performance (sucessor espiritual do 208 GTi) que terá cerca de 200 cv e baterias de 60 kWh, para uma autonomia estimada até 400 km.

A decisão não é unanime e tem gerado muita discussão interna. Por outro lado, a Porsche optou por manter no seu primeiro modelo elétrico, o Taycan, denominações históricas na marca alemã, com as versões Turbo e Turbo S.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!