Coleção portuguesa com mais de 120 carros rendeu 10 milhões

O carro mais caro foi o Bentley 8 Litre Tourer de 1931, que foi rematado por 680 mil euros

0 aos 100 24/09/2019 Noticias

Foi no passado sábado que se realizou na Comporta um dos leilões mais esperados do ano, o leilão da coleção particular de Ricardo Sáragga, composta por 127 carros. Ao todo, foi arrecadado 10,191,425 milhões de euros.

O carro mais caro foi o Bentley 8 Litre Tourer de 1931 (na imagem principal), que foi rematado por 680 mil euros. Seguiu-se um Porsche 911 Carrera RS 2.7 Touring de 1973 que foi comprado por 603.375 euros.

Destaque ainda para um Delahaye 135M Cabrio by Chapron de 1939 por 331.250 euros, para o raro WD Denzel 1300 de 1955 (limitado a 30 unidades) por 314.375 euros e para o Mercedes-Benz 600 Sedan de 1966 transformado pela Henri Chapron por 342.500 euros.

Entre os mais desejados destaque para os Porsche, com um 911 Carrera RS de 1992 arrematado por 241.250 euros, um 911 GT3 RS de 2010 por 174.800 euros ou um 356 B Roadster por 151.800 euros.

Veja ainda:

Outros carros que atingiram preços elevados incluíram um Lancia Aurelia B24S Convertible de 1956 por 231.125 euros, um Alpine-Renault A110 1300 de 1972 por 195.500 euros e um Amilcar CGS de 1925 por 100.050 euros.

O leilão contou, ainda, com um carro português: o Sado 550. Era um dos veículos mais baratos do leilão (5.000 euros – 10.000 euros) e foi vendido por 6.900 euros. Este automóvel, de 1983, é um dos cerca de 500 que foram produzidos em Setúbal. Uma espécie de “microcarro”, que “era perfeito para as ruas estreitas de Portugal”, lê-se no catálogo que agrega os carros leiloados.

Ainda assim, o português não foi o carro que originou o preço mais baixo do leilão. Esse título foi para o Mini 100, de 1973, vendido por 4.600 euros.

“Era uma coleção muito grande e realizamos uma venda significativa num mercado completamente novo”, diz Paul Darvill, especialista em automóveis da RM Sotheby’s, acrescentando que “muitos lotes excederam as estimativas”. O leilão contou com centenas de compradores, entre os quais estavam representados 38 países.

Lista dos mais valiosos:

  1. Lot 164 1931 Bentley 8-Litre Tourer                           € 680,000
  2. Lot 197 1973 Porsche 911 Carrera RS 2.7 Touring     € 602,375
  3. Lot 185 1966 Mercedes-Benz 600 Sedan                   € 342,500
  4. Lot 172 1939 Delahaye 135M Cabriolet                      € 331,250
  5. Lot 188 1955 WD Denzel 1300                                  € 314,375
  6. Lot 201 1992 Porsche 911 Carrera RS                       € 241,250
  7. Lot 125 1956 Lancia Aurelia B24S Convertible           € 231,125
  8. Lot 174 1972 Alpine-Renault A110 1300                    € 195,500
  9. Lot 176 2010 Porsche 911 GT3 RS                           € 174,800
  10. 10.Lot 144  2001 BMW Z8                                              € 165,600

Confira a LISTA de veículos e os valores com que foram arrematados.

 

Fotos: Facebook RM Sotheby’s

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva