Kia suspende vendas de elétricos e híbridos até 2020

Vendas suspensas em Espanha. O motivo, o cumprimento das metas de emissões

0 aos 100 08/09/2019 Noticias

Para já é uma medida a vigorar apenas em Espanha, mas poderá vir a ser alargada a outros países, nomeadamente Portugal: a filial espanhola da Kia decidiu suspender as vendas dos seus modelos "ecológicos", ou seja, elétricos e híbridos (e-Niro, e-Soul, Niro PHEV e Optima PHEV), até 2020.

O objetivo não é outro senão cumprir as metas de emissões impostas pela União Europeia para o próximo ano, dentro das quais as marcas de automóveis devem atingir um limite de 95 g/km de CO2 sobre 95 por cento do volume de vendas.

Neste sentido, a Kia optou por interromper as vendas dos seus modelos híbridos, elétricos e híbridos plug-in em Espanha, acumular as encomendas para o próximo ano e, assim, tentar evitar multas milionárias em 2020.

Veja ainda:

Na circular divulgada internamente, a marca proíbe “inevitavelmente, sem exceção”, a faturação de unidades elétricas e híbridas plug-in a partir de 1 de outubro e o registo deste tipo de modelos a partir de 1 de novembro. As restrições serão retiradas a 1 de janeiro de 2020.

De acordo com os dados divulgados pela Kia, os valores de CO2 em 2018 na Europa registaram uma média de 120,6 g/km, o que representa um aumento de 1,8% em relação ao ano anterior.

Em Espanha, a média foi de 118 g/km, um 2% superior ao valor registado em 2017, um aumento justificado pela queda nas vendas de modelos a gasóleo e pelo aumento nos registos de SUV, bem como a entrada em vigor do ciclo WLTP.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'