Renault Mégane RS Trophy-R limitado a 500 unidades

Todos os segredos do novo 'rei' de Nürburgring para modelos de tração dianteira

0 aos 100 05/07/2019 Noticias

A Renault Sport revelou todas as especificações do novo Mégane RS Trophy-R, uma edição especial limitada e numerada a 500 unidades (28 das quais com volante à direita). As primeiras entregas estão previstas para outubro. 

Com 1306 kg, o novo "rei" de Nürburgring em modelos de tração dianteira é 130 kg mais leve face ao Trophy normal, recorre a uma suspensão com afinação de competição, 16 mm mais baixa, com amortecedores ajustáveis da Öhlins, e prescinde do sistema de quatro rodas direcionais.

O segredo da “dieta” está o facto de o Trophy R dispensar de parte da segunda fila de bancos, o que lhe permite poupar 25,3 kg. O piso mais leve possibilitou retirar 1,3 kg. Os bancos da frente da Sabelt, de peça única e feitos em material compósito, que pesam apenas 7 kg cada.

Mas não se fica por aqui. O sistema de infotainment (sempre obrigatório) tem um ecrã de apenas 7 polegadas (em vez de 8,7”), poupando assim 225 gramas e os vidros são mais finos na dianteira e nas laterais, que retiram 1 kg ao peso total. O capot de compósito de carbono pesa apenas 8 kg e a Renault incluiu um difusor traseiro totalmente feito em fibra de carbono., enquanto o escape Akrapovic poupou mais 6 kg. A retirada da escova limpa para-brisas traseiro "corta" mais 3 kg, a bateria mais pequena é 4,5 kg mais leve e cada uma das jantes em carbono pesa menos 4 kg.

Outra das curiosidades deste Mégane RS Trophy-R agora desvendadas prende-se com as rodas da frente posicionadas num ângulo negativo de 2,05 graus, o que significa que o diferencial autoblocante de tipo Torsen, incluído de série, pode ser mais eficaz em curvas mais rápidas.

Veja ainda:

Atrás, desaparece o sistema 4Control de quatro rodas direcionais, devido à referida nova afinação do eixo dianteiro. Esta nova configuração permite uma agilidade superior da traseira em comparação com o Trophy normal, até porque permite poupar 32 kg.

Este novo R acrescenta à equação novos travões dianteiros carbocerâmicos opcionais da Brembo com discos de 390 mm à frente. As pinças de travão da frente passam de 40 para 42 mm, sendo que no caso dos carbocerêmicos crescem para 44 mm.

Em termos aerodinâmicos acrescenta entradas de ar em preto no capot e permite melhor circulação do ar debaixo do carro. Os faróis R.S. Vision foram substituídos por entradas de ar adicionais. Atrás, há um spoiler maior e uma ponteira de escape central em titânio da Akrapovic.

As jantes são de 19 polegadas e os pneus são uns Bridgestone Potenza S007 exclusivos da Renault Sport.

O mais "radical" dos Mégane conta com um motor 1.8 de quatro cilindros turbo a debitar 300 cv (mais 20 cv e menos 145 kg do que o Honda Civic Type R, o antigo recordista no “Inferno Verde”) e 400 Nm, a funcionar em conjunto com uma caixa manual de seis velocidades (mais leve face à de dupla embraiagem EDC de sete), o que lhe permite anunciar 0-100 km/h em 5,4 segundos (0,3 seg. mais lesto face ao Trophy normal). 

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'
Teste ao Usado: BMW 520d Touring. Elegância é isto!