Os novos AMG: A45 S e CLA 45 S com 421 cv

0 aos 100 km/h em menos de quatro segundos (A45 S) e modo Drift. Chegam no final do ano

0 aos 100 04/07/2019 Noticias

De uma assentada, a Mercedes-AMG apresentou os novos A45 4Matic+ e o CLA45 4Matic+ e as respetivas versões "S" (com 421cv).

O motor escolhido para os mais musculados dos A e CLA é o quatro cilindros mais potente de sempre para modelos de produção em série. Com o nome de código M 139, o motor 2.0 de quatro cilindros turbo está disponível em dois patamares de potência: 387 cv às 6500 rpm (mais 81 cv que nas versões 35)/480 Nm entre as 4750 rpm e as 5000 rpm e 421 cv às 6750 rpm  (mais 40 cv que o antigo A45)/500 Nm entre 5000 rpm e 5250 rpm.

Veja ainda:

Os dois funcionam em conjunto com uma nova caixa de dupla embraiagem AMG Speedshift DCT-8G, de oito velocidades, e com um sistema de tração integral ativo 4Matic+, que distribui seletivamente o binário às rodas do eixo posterior recorrendo ao sistema AMG Torque Control.

As versões "S" contam de série com modo Drift, acionável com o modo Race ativo (os outros modos são Comfort, Sport, Sport+, Slippery e Individual), desligando o ESP e colocando o carro em modo manual.

Quanto a números: o A45 acelera dos 0 aos 100 km/h em 4 segundos e o A45 S em 3,9 segundos, sendo que ambos contam com uma velocidade máxima limitada a 250 km/h (extensível a 270 km/h com o AMG Driver’s Package).

O CLA 45 anuncia 0-100 km/h em 4,1 segundos e o CLA 45 S em 4 segundos, mantendo a velocidade máxima dos A. Os A45 e A45 S anunciam consumos de 8,4 e 8,3 l/100 km e emissões de 192 e 189 g/km, respetivamente. Os CLA 45 e CLA 45 S consumos de 8,3 e 8,1 e emissões de 189 e 185.

Por fora, os novos 45 distinguem-se por detalhes específicos, destacando-se pela grelha AMG Panamericana, para-choques dianteiro redesenhado com um lábio dianteiro integrado e saias laterais. Na traseira, há um spoiler, a que se juntam as quatro ponteiras de escape (duas no A35) com 82 mm de diâmetro nos 45 e de 90 mm nos 45 S e um difusor duplo. As jantes são de 18 polegadas, de 19 nas versões S.

A versão mais potente acrescenta ainda pinças de travão de seis êmbolos à frente e de um atrás em vermelho a inscrição AMG em preto, e discos maiores de 360 mm à frente (mais 10 mm) e 330 mm atrás, em vez de pinças em cinzento de quatro êmbolos à frente e letras em branco do modelo base.

O sistema AMG Ride Control com amortecimento adaptativo é opcional nos novos 45. A AMG introduziu um novo sistema de direção com relação variável e dois tipos de mapa de software de acordo com o modo de condução selecionado. 

O lançamento está previsto para o último trimestre do ano. Os preços ainda não são conhecidos, algo que será revelado mais próximo do lançamento, mas para referência, o A35 custa em Portugal algo como 62.850 euros.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'