Novo Opel Astra com motores a gasolina e Diesel de 3 cilindros

Novos motores permite ao Astra baixar consumos (e emissões)

0 aos 100 03/07/2019 Noticias

A Opel atualizou a gama Astra com motorizações mais eficientes e o reforço da dotação de equipamento. Estará disponível para encomendada dentro de poucas semanas, com as entregas previstas para novembro.

As emissões de CO2 médias da gama Astra baixam 19 por cento, anuncia a Opel, com nova geração de motorizações a gasolina e a gasóleo.

O segredo está nos motores 1.2 e 1.5 de três cilindros de 105 a 145 cv, que permitem reduzir os consumos e as emissões de CO2, com WLTP2 misto entre 5,9 e 4,4; e 139 e 117 g/km CO2, respetivamente (dados preliminares).

A versão de base surge com caixa manual de seis velocidades. Em opção, o Astra pode ser equipado com estreante caixa automática de nove velocidades.

Por comparação com o modelo anterior, os valores de consumo de combustível e de emissões de CO2 das novas versões de 110 cv, 130 cv e 145 cv apresentam reduções de cerca de cinco por cento, 19 por cento e 15 por cento, respetivamente.

O novo motor 1.5 turbodiesel de três cilindros, as versões de 105 e 122 cv, por comparação com as anteriores versões, registam reduções de consumos e de emissões de 17 e 10 por cento, respetivamente. Em alternativa à transmissão manual de seis velocidades, o 1.5 Turbo D mais potente pode ser encomendado com caixa automática de nove velocidades.

Veja ainda:

O sistema de tratamento de gases de escape dos novos Astra 1.5 Turbo D conta com catalisador passivo de oxidação, catalisador de redução seletiva SCR com injeção de AdBlue e filtro de partículas Diesel (DPF).

Todos os novos motores do Opel Astra já cumprem a norma de emissões Euro 6d, que entra em vigor em 2021.

Também a aerodinâmica foi melhorada, contribuindo para a redução de consumos e emissões. O coeficiente de apenas 0.25 Cd posiciona a Sports Tourer entre as ‘station wagon’ mais aerodinâmicas do mundo, ao mesmo tempo que a variante de cinco portas se situa entre os melhores ‘hatchback’, com 0.26 Cd.

A evolução do Opel Astra no capítulo da aerodinâmica foi obtida com variadas medidas, nomeadamente a inclusão de carenagem no compartimento do motor, braços da suspensão traseira com formato defletor e uma cortina integral na grelha dianteira. As secções superior e inferior da grelha do Astra abrem e fecham automaticamente, de forma independente, conseguindo, assim, otimizar o fluxo de ar. O trabalho realizado sob o automóvel destinou-se, sobretudo, a minimizar a turbulência.

A nova gama Astra vai dispor de novas câmaras dianteira e traseira, velocímetro digital e novos sistemas de informação e entretenimento, recarregamento por indução de baterias de telemóvel e sistema de som de alta fidelidade com a assinatura Bose. No exterior, o Astra 2019 apresenta uma nova grelha de efeito 3D.

Os novos sistemas de infoentretenimento Multimedia Radio, Multimedia Navi e Multimedia Navi Pro garantem plena conectividade graças à compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto. O topo de gama MultiMedia Navi Pro possui ecrã tátil de oito polegadas e pode também ser comandado através de voz. O sistema de navegação oferece serviços como informações de trânsito em tempo real e atualizações de mapas ‘on line’. O grafismo da navegação é novo, com aparência mais moderna. E o mesmo se aplica ao painel de instrumentos.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva