Na internet antes do previsto. Estes são os novos Renault Captur e ZOE!

Novos Captur e ZOE a descoberto, muito antes da sua revelação oficial

0 aos 100 12/06/2019 Noticias

A primeira imagem dos novos Captur e ZOE fugiram ao controlo da Renault e estão já na internet...!

Esta é, de resto, a terceira fuga de imagens nas últimas 24 horas, depois de duas fugas de que foi alvo a BMW, o novo Série 3 Touring e o Série 8 Gran Coupé.

A imagem do popular SUV compacto, um dos atuais pilares da Renault, terá sido captada durante os testes de desenvolvimento em Espanha, e confirma aquilo que já se esperava: um claro seguimento das linhas que fazem a identidade da marca.

A plataforma é a CMF-B, uma arquitetura modular preparada para receber motores híbridos e elétricos, que vai ser partilhada com outros modelos da Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. 

As motorizações serão as mesmas disponíveis no novo Clio, com destaque para os novissimos 1.0 SCe (substitui o 0.9 TCe) com 65 e 75cv, 1.0 TCe de 100cv, e um 1.3 TCe com 130cv, todos a gasolina.

Veja ainda:

Quanto a Diesel, estará disponível com o renovado motor 1.5 Blue dCi, agora com sistema de redução catalítica seletiva (SCR), e proposto em duas versões: 85 cv e 220 Nm, e 115 cv e 260 Nm.

Contudo, a maior novidade será a introdução de uma versão híbrida, designada por E-TECH. Utiliza um motor a gasolina de 1,6 litros associado a dois motores elétricos e a uma caixa de velocidades multímodo e uma bateria de 1,2 kWh.

Novo ZOE

Quanto ao compacto elétrico, a imagem que surgiu no Instagram confirma igualmente uma evolução em lugar de uma revolução, com uma dianteira completamente desenhada, sem perder a sua identidade própria na gama Renault.

Além de uma imagem mais moderna, o Renault ZOE 2020 será alvo de uma importante evolução tecnológica, adotando sistemas de assistência à condução que permitem dispor de um nível 2 de condução autónoma.

Mecanicamente, espera-se um motor elétrico mais potente capaz de superar a barreira dos 110cv. A bateria também será melhorada, aumentando a sua capacidade e, logo, a autonomia, falando-se em 450 quilómetros no ciclo WLTP.

O lançamento de ambos os modelos deverá acontecer ainda este ano, após a sua apresentação oficial no Salão de Frankfurt, nos últimos dias de setembro.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente
Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva