Oficial: Alfa Romeo regressa à Fórmula 1

30 anos depois, a Alfa Romeo regressa à Fórmula 1

Miguel Costa 30/11/2017 Noticias

A Alfa Romeo regressa à Fórmula 1 em 2018, para já apenas através de uma parceria com a Sauber e a Ferrari.

Em 2018, os motores Ferrari da Sauber vão passar a chamar-se Alfa Romeo e a equipa de Hinwil passa a denominar-se Alfa Romeo Sauber F1 Team. O acordo segue o exemplo da Red Bull, que utiliza motores Renault com a denominação TAG Heuer, por via do seu acordo comercial com a Aston Martin.

"Este acordo com a Sauber representa um passo significativo no reposicionamento da marca Alfa Romeo, que regressa à Fórmula 1 após uma ausência de mais de trinta anos”, afirmou Sergio Marchionne, CEO do FCA Group.

“A mesma marca beneficiará de sinergias tecnológicas e estratégicas com uma equipa altamente experiente, como a Sauber ", acrescentou o responsável.

O acordo deverá garantir, pelo menos, um lugar para um dos pilotos da Academia Ferrari. O nome mais forte é o do francês Charles Leclerc, que garantiu esta temporada o título na Fórmula 2. Para o segundo assento, a escolha deverá recair entre Antonio Giovinazzi, outro dos pilotos da Academia Ferrari, e o atual piloto da Sauber, Marcus Ericsson.

Recorde-se que a Afla Romeo não corre na F1 desde 1988, e nessa altura já apenas como fornecedor de motores (Osella). A última vitória data de 1978, então no ‘dorso’ de um Brabham guiado por Niki Lauda, numa temporada em que venceu três grandes prémios.

Deixe o seu comentário