Maserati deixa de usar motores Ferrari

Contrato não vai ser renovado

0 aos 100 11/05/2019 Noticias

A Maserati vai deixar de utilizar motores fabricados pela Ferrari, a partir de 2021.

O anúncio foi feito pelo diretor executivo da Ferrari, Louis Camilleri, na conferência sobre os resultados do primeiro quadrimestre da Ferrari. “Como sabem, temos um contrato. E, como também sabem, a Maserati anunciou que no final desse contrato eles não o renovarão. Por isso, eventualmente, nós já não iremos fornecer motores à Maserati”, revelou o diretor executivo da Ferrari.

A Ferrari fornece motores V6 e V8 à Maserati desde 2002 com Ghibli, Quattroporte, Levante, GranTurismo e GranCabrio.

Veja ainda:

O expoente máximo desta “colaboração” foi o Maserati MC12, um superdesportivo que tinha por base o Ferrari Enzo, destinado a competir na categoría GT da FIA, do qual foram construídas 50 unidades para estrada.

O próximo passo e motivo para esta decisão da Maserati será a eletrificação de toda a sua gama. Enquando isso não acontece, os motores a gasolina e híbridos deverão ser fornecidos pelo grupo FCA, possivelmente os V6 e V8 utilizados pela Jeep, Dodge e Chrysler.

Deixe o seu comentário