Miguel Oliveira fora dos pontos em Jerez

Português ficou fora dos lugares pontuáveis pela segunda vez nesta temporada

0 aos 100 05/05/2019 Desporto

Miguel Oliveira (KTM) perdeu hoje uma posição no Mundial de MotoGP depois de não ter ido além do 18.º lugar na quarta ronda do campeonato, em Jerez de la Frontera.

O piloto português ficou fora dos lugares pontuáveis pela segunda vez nesta temporada de estreia na categoria rainha do Mundial de Velocidade, ao terminar o Grande Prémio de Espanha a 41,570 segundos do vencedor, o espanhol Marc Márquez (Honda), novo líder do campeonato, com 70 pontos.

Miguel Oliveira fez um bom arranque, a partir da 22.ª posição, ganhando dois lugares, apesar de ter baixado ao 21.º na primeira passagem pela linha de meta.

Veja ainda:

Marc Márquez também arrancou bem e colocou-se imediatamente na liderança, levando na sua roda o francês Fabio Quartararo (Yamaha) e o italiano Franco Morbidelli (Yamaha).

O gaulês, que no sábado se tinha tornado o mais jovem piloto de sempre a conquistar uma ‘pole position’ em MotoGP, com 20 anos e 14 dias, viria a abandonar com um problema mecânico.

A partir do meio da corrida, Márquez descolou definitivamente do pelotão, cavando uma distância de cerca de três segundos para o grupo perseguidor, encabeçado pelo espanhol Alex Rins (Suzuki) a partir da 14.ª volta.

Já Miguel Oliveira manteve um duelo com o britânico Bradley Smith (Aprilia) ao longo de toda a corrida, chegando mesmo a passar pelo 17.º posto.

No entanto, o piloto da Aprilia devolveu a manobra na última volta, relegando o português da equipa Tech3 para o 18.º, a três posições dos lugares pontuáveis, mas à frente do seu colega de equipa, o malaio Hafyzh Syahrin.

Marc Márquez concluiu as 25 voltas ao circuito Angel Nieto, em Jerez de la Frontera, em 41.08,685 minutos, deixando Alex Rins a 1,654 segundos e o espanhol Maverick Viñales (Yamaha) a 2,443 segundos.

Miguel Oliveira é agora 17.º classificado, com sete pontos, os mesmos do francês Johann Zarco, da equipa oficial da KTM, que hoje foi 14.º, atrás do espanhol Pol Espargaró, o melhor dos pilotos da marca austríaca.

"Hoje tivemos uma corrida difícil e com muitas lutas. Agora é altura de focar em Le Mans e trabalhar duro para alcançar mais uns pontos na próxima corrida", escreveu o piloto nas redes sociais.

Já Marc Márquez recuperou a liderança do Mundial, tendo agora 70 pontos, mais um do que Rins e mais três do que o italiano Andrea Dovizioso (Ducati), quarto classificado em Jerez.

No campeonato de marcas, a Honda lidera com 76 pontos, mais seis do que a Ducati e mais 55 do que a KTM, sexta e última classificada.

Em Moto2, o vencedor foi o italiano Lorenzo Baldassari (Kalex) e lidera o campeonato com 75 pontos.

Na categoria de Moto3, o vencedor foi o também italiano Niccolò Antonelli (Honda), estando agora a um ponto da liderança do campeonato, ocupada pelo espanhol Aaron Canet (KTM), que caiu.

A próxima ronda do Mundial de MotoGP será o GP de França, a 19 de maio. Antes disso, os pilotos vão efetuar um dia de testes em Jerez de la Frontera, esta segunda-feira.

Classificação da corrida
1. Marc Márquez (Honda), 41.08,685 minutos
2. Alex Rins (Suzuki), a 1,654 segundos
3. Maverick Viñales (Yamaha), a 2,443 segundos
4. Andrea Dovizioso (Ducati), a 2,804 segundos
5. Danilo Petrucci (Ducati), a 4,748 segundos
6. Valentino Rossi (Yamaha), a 7,547 segundos
(...)
18. Miguel Oliveira (KTM), a 41,570 segundos

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Teste ao Usado. Mercedes-Benz CLA Shooting Brake 180d AMG: Fazer tudo bem não é para todos...
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'