Novo Defender sujeito a 1,2 milhões de km de testes

Novo Defender promete ser o 'Land Rover mais duro e capaz de sempre'

0 aos 100 02/05/2019 Noticias

Os protótipos do novo Land Rover Defender já completaram 1,2 milhões de quilómetros entre 45 mil sessões de testes em estrada, em cenários tão díspares como o deserto do Quénia, as montanhas rochosas do Colorado a mais de 3 mil metros de altitude, no norte da Suécia (a menos de 50 graus Celcius) ou no circuito de Nürburgring, na Alemanha.

Para espicaçar a curiosidade (como se fosse preciso), a Land Rover divulgou novas imagens do modelo ainda camuflado com carroçaria de três e cinco portas, no formato curto 90 (com variante “soft top” em lona) e longo 110, respetivamente.

Veja ainda:

Na família de novos modelos deverá ainda constar uma derivação no formato pick-up, a lançar mais tarde. Prevista está ainda uma versão elétrica para 2024 e um Defender Sport para 2026.

Apesar de manter o tradicional formato quadrado, o novo Defender (conhecido pelo nome de código L851) será feito com base numa nova plataforma monobloco em alumínio Modular Longitudinal Architecture (em vez da base tradicional de travessas e longarinas), o que lhe permitirá ter uma suspensão traseira independente.

Esta alteração contribuirá para uma estrutura mais leve, mais rígida e mais flexível, que possibilitará a alteração no formato dos eixos, de pneus, transmissões e calibração de suspensão. O objetivo é uma ampla variedade de versões e variantes.

A Land Rover já vai prometendo que o novo Defender será “Land Rover mais duro e capaz de sempre”. A estreia está prevista para setembro, no Salão de Frankfurt, na Alemanha, chegando às estradas em 2020.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'