310 postos prioritários vão manter limite de 15 litros de combustível

Os 310 postos que o Governo declarou como de emergência, limitando o abastecimento a 15 litros por veículo, continuarão a ser prioritários

0 aos 100 18/04/2019 Noticias

Os 310 postos de abastecimento que o Governo classificou como prioritários, limitando o fornecimento até 15 litros por veículocontinuarão a ser de emergência até que a situação seja totalmente normalizada.

“Até à normalização da situação, [essa situação] mantém-se”, avançou ao jornal ECO fonte oficial do Ministério do Ambiente.

Esta quarta-feira, face à greve dos motoristas de materiais perigosos, que terminou esta quinta-feira, o Governo criou uma lista com 310 postos de abastecimento, espalhados por todo o país, mas com especial incidência em Lisboa e no Porto, que estarão acessíveis a todos os cidadãos, mas com um fornecimento limitado a 15 litros por cada veículo.

Veja ainda:

Regularização dos abastecimentos de combustível pode demorar cinco dias

Entretanto, a Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas afirmou que repor a situação existente antes do início da greve pode demorar até cinco dias, mas a partir desta tarde deverá retomar-se a normalidade dos abastecimentos.

“Acreditamos que [regularizar] tudo, portanto uma situação igual à existente antes do início da greve, poderá demorar até cerca de cinco dias, mas grande parte das situações estarão regularizadas antes disso”, disse à Lusa António Comprido, da Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (Apetro).

O responsável adiantou que “a partir de amanhã [sexta-feira] já deverá haver uma situação normal em muitos casos, mas a totalidade só depois do fim de semana”. E “admitindo que se vai trabalhar — e temos indicação que isso vai acontecer — durante o fim de semana”, salientou.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Mazda3 1.8 Skyactiv-D 116cv Evolve: Direto ao topo
Peugeot 508 2.0 HDi 160cv GT Line: Grande 'espada'