Terminou a greve dos camionistas de matérias perigosas

Decisão tomada depois de um reunião entre o Governo e o Sindicato que durou dez horas

0 aos 100 18/04/2019 Noticias

O Governo e a ANTRAM conseguiram chegar a acordo com o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), que tinha convocado a paralisação que começou na passada quinta-feira às 00h00. 

A greve foi desconvocada após uma reunião que demorou dez horas. Presentes estiveram Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, Gustavo Duarte, presidente da ANTRAM, e os presidente e vice-presidente do SNMMP.

A notícia foi comunicada esta manhã pelo Ministério das Infraestruturas, sendo que deverá ser comunicada oficialmente aos portugueses dentro de momentos.

Veja ainda:

Sublinhe-se que a greve tinha o objetivo de reivindicar do reconhecimento da categoria profissional específica dos motoristas de matérias perigosas, e que tinha sido marcada por tempo indeterminado.

Espera-se agora que comecem a sair mais camiões com combustível e que os serviços sejam repostos.

Os motoristas, no exterior da companhia logística de combustíveis de Aveiras de Cima foram mobilizados para o interior de uma sala onde aguardam a comunicação do Sindicato.  

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente