GNR apanha condutor com detetor de radares na A1

Uso de detetores de radares pode valer multa de até 2500 euros

0 aos 100 11/04/2019 Noticias

A GNR de Santarém apanhou na A1, na zona de Santarém, um condutor com um detetor de radares instalado no carro. O condutor, de 52 anos, foi identificado e o seu veículo apreendido.

"Durante o patrulhamento rodoviário, os militares verificaram que um veículo estava a utilizar um dispositivo que deteta equipamentos de controlo de velocidade", indica a GNR em comunicado.

Os dispositivos ou produtos suscetíveis de revelar a presença ou perturbar o funcionamento de instrumentos destinados à deteção ou registo das infrações são proibidos, uma infração sancionada com uma coima que pode variar entre os 500 euros e os 2500 euros, além da apreensão do veículo que o transporta", esclarece a Guarda.

Relacionadas:

Desde o início de 2019, a GNR de Santarém já apreendeu três dispositivos com estas caraterísticas.

Deixe o seu comentário

Pesquise aqui o seu futuro carro usado

Ensaio ao Renault Clio RS Line TCe 130 EDC: Faceta desportiva
DS 3 Crossback BlueHDi 100. A virtude de ser diferente