Tiago Monteiro: 'Fico triste por não poder competir'

Piloto português vai estar no Qatar, mas a ver de fora

Miguel Costa 22/11/2017 Noticias

Tiago Monteiro está de partida para o Qatar onde vai acompanhar a última jornada do Campeonato do Mundo de Carros de Turismos. O piloto português não poderá, infelizmente, disputar a prova, mas vai apoiar os seus companheiros de equipa, sobretudo Norbert Michelisz que é actualmente segundo classificado no campeonato e poderá chegar ao título.

Monteiro esteve até à altura do acidente, que agora o impossibilita de competir, no primeiro lugar do Campeonato e será de novo substituído, ao volante do Honda, por Esteban Guerrieri no Qatar. O piloto português vai continuar a dar seguimento ao seu programa de recuperação física mas não quis deixar de marcar presença nesta última ronda.

"Fico triste por não poder competir mas ao mesmo tempo empolgado com a hipótese de o Norbi e a Honda se sagrarem Campeões do Mundo. Já que eu não posso lutar por esse título é sempre bom saber que o mesmo pode ficar na casa da Honda. Por isso, não poderia assistir a esta prova à distância pois pode tratar-se de um fim-de-semana histórico para a equipa. Faço parte da família Honda no WTCC desde o início do projecto e sei que dei um enorme contributo para estarmos neste momento em posição de alcançar o título mundial. Vai ser uma última prova empolgante", começou por referir.

No que à sua recuperação diz respeito, Tiago salienta a importância de estar a 100%: "Numa profissão como esta, com riscos elevados, só uma recuperação a 100% permite voltar a competir. É nesse sentido que trabalho todos os dias. Continuo com um programa intensos de tratamentos e treinos que espero me deixem em plena forma no início da próxima época. Todos os dias sinto progressos e cada vez mais apto", rematou Tiago Monteiro.

Deixe o seu comentário